Todos nós temos uma cor preferida, e isso é fato. Mas, você já parou para pensar o porquê de determinada cor ser a sua preferida? Ou quais as sensações ela te proporciona  quando você a observa?

Por exercerem grande influência sob o cérebro humano, as cores podem ser utilizadas para acalmar, estimular, e no caso da publicidade, vender. Tudo isso, através do papel psicológico que elas possuem.

A Psicologia das cores é um estudo que busca compreender o comportamento humano em relação às cores. Essa área analisa e define quais as emoções, sentimentos e desejos são despertados a partir da influência de determinadas cores.

Dessa forma, uma agência de comunicação ou um profissional de marketing deve aplicar os princípios básicos da Psicologia das Cores, no momento de criação de uma marca. Afinal, cada detalhe implícito no produto ou serviço em questão impacta o consumidor de alguma forma.

O amarelo, por ser uma cor vibrante que transmite a ideia de otimismo e felicidade, está presente em muitas marcas de fast-foods. Junto do vermelho, uma cor intensa que passa paixão e vivacidade, ambas fazem parte de logos como Mc Donald’s, Habib’s e Burguer King, atraindo facilmente os olhares de observadores e provocando o desejo de provar determinado produto.

O azul transmite profissionalismo, lealdade e honestidade, sendo usado em marcas como a Ford e o Facebook.

O verde, por exemplo, é a cor das selvas e das hortas produtivas. Como tal, instiga sentimentos de crescimento, renovação e segurança. É uma cor versátil e inteligente para empresas que vendem serviços financeiros, alimentos e bebidas, produtos ambientalmente conscientes ou serviços criativos.

Spotify e Subway são marcas que utilizam o verde em seus logos.

O roxo é a cor da espiritualidade, e já foi muito associada aos reis, imperadores e papas. Hoje, a cor é utilizada em logos como do Yahoo, Twitch e chocolate Milka.

Por representar um ponto de contato entre a empresa e o cliente, é essencial fazer um estudo das cores que serão utilizadas, pois cada uma incorpora diferentes significados, dependendo do segmento, objetivo e público.