A Pandemia do coronavírus veio para transformar comportamentos, tecnologias e modos de trabalho, que impactaram no mundo digital. As consequências fizeram com que houvesse uma adaptação ao “novo normal”, e aos poucos, empresários que se adaptaram encontraram respostas para a crise.

Para 2021, o mercado digital lançou algumas tendências que devem se aprofundar no novo ano, utilizando como base, alguns métodos de 2020.

Lives

Com as restrições impostas pelo distanciamento social, buscar entretenimento dentro de casa virou um desafio para muitos. Com isso, as lives se multiplicaram em várias plataformas, como Instagram, Youtube e Zoom, possibilitando também, a realização de reuniões, palestras e aulas. Os espectadores buscavam por conexões humanas em tempo real e envolvimento com o conteúdo, já que atividades assim permitem interação com o público.

Para 2021, aproveitar o engajamento em tempo real vai ser necessário, então, aposte nas reuniões que permitem feedbacks simultâneos.

Conteúdos interativos

Para criar envolvimento humano e se desprender de números de curtidas e visualizações, algumas marcas passaram a empreender em conteúdos interativos, para aumentar o engajamento.

Questionários, quizzes e e-books são ótimos conteúdos para os seguidores que estão afim de se envolver com a rede da marca.

User generated content (UGC)

User generated content significa conteúdo gerado pelo usuários. No Marketing Digital pode-se usar de outros usuários para aproveitar suas estratégias.

O UGC tende a se fortalecer em 2021. Isso deve acontecer porque as marcas estão percebendo o poder de influência de usuários comuns, cujas experiências com a marca funcionam como prova social para outros consumidores. Portanto, eles podem ser entendidos como nanoinfluenciadores — com pequeno alcance, mas alto poder de influência por serem autênticos, próximos e confiáveis.

Marcas mais humanas e comprometidas

O público têm buscado cada vez mais por marcas engajadas e comprometidas com a população, com o meio-ambiente e com causas sociais. Nem sempre curtidas representam satisfação, por isso, é necessário envolver seu negócio em assuntos relevantes para a sociedade, tornando sua marca mais humana.