A estética visual é umas das coisas mais importantes no mundo da publicidade e do marketing, mas antes de mais nada, o que é estética visual?

Basicamente, estética é a característica do que é belo, o que agrada os olhos. No mundo da publicidade, de forma resumida, é aquilo que achamos bonito e que faz sentido dentro da proposta de cada empresa. E apesar da publicidade não ser conhecida como uma forma de arte, a arte interfere, e muito, nesse meio.

A estética visual varia de identidade visual, cores, layouts, formas e padrões utilizados na comunicação de uma empresa. E sim, as imagens podem impactar mais do que se imagina. Existem várias pesquisas que mostram que nós seres humanos gravamos melhor alguma informação se ela for uma imagem.

Agora, depois de toda essa explicação, qual a importância dessa tal de estética visual?

Bom, a estética visual é muito necessária, pois é ela que vai passar a mensagem que a empresa quer. Mas se for feita de um jeito errado, pode até comunicar de forma totalmente equivocada.

E onde que ficam as letras no meio de tudo isso? É claro que a escrita também é importante, porém as imagens atraem o público, além de serem mais práticas e diretas.

Agora, lembra da questão de estética ser o que é belo? Então, o belo é relativo, pois cada empresa carrega uma proposta diferente. Pense no ramo da Estética e Cosmética, é muito comum o uso de flores, cores rosadas e formas sutis nas identidades visuais e postagens, o que faz sentido se pensarmos em cuidado e delicadeza. Agora pense em uma academia, com certeza não faria o menor sentido usar flores para representa-la.

Viu? Cada nicho possui um “belo”, por isso é muito importante que cada empresa saiba o que valoriza ou desvaloriza a marca. Claro que isso também pode ser discutido como gosto pessoal, mas você concorda com a gente que a identidade visual de um dentista não pode ser uma chama laranja envolvendo uma escova de dente verde-limão.

Outro ponto que influencia a estética visual é o público alvo. Gênero, idade e classe social são apenas algumas das características que devem ser levadas em consideração. Um público jovem prefere algo mais colorido, descolado, com uma linguagem menos séria, isso com certeza vai chamar mais sua atenção. Já para um público de classe alta, por exemplo, é necessário algo mais sofisticado, com cores mais neutra e poucos elementos.

Ficou claro? A estética visual é a nossa grande aliada e se usada da maneira certa vai fazer com que a sua empresa alcance todos os objetivos. Ela pode dar o destaque que a sua marca precisa, use com sabedoria!